quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Orar no monte é irrelevante a fé Cristã.



Dou graças a Deus por cada momento que passo em Sua presença! Nunca me passou na cabeça ir orar no meio do mato para buscar Senhor, pra quê?



·          O "sermão do monte" poderia ser chamado de "sermão da planície" (Mt 5:1; Lc 6:17); Jesus só foi ali simplismente porque era um local plano e daria para todos o ouvirem melhor.

Como não é de meu costume falar de pessoas, e nem nos convém fazer isso, pois nossa luta não é contra a carne nem contra o sangue, falamos de situações, costumes ou práticas, alertando os crentes em Cristo a não se iludir com falatórios, instruções e induções que perante a Bíblia Sagrada, ao bom senso e aos bons costumes cristãos são totalmente contestáveis.

1º Muitos não oram em monte nenhum, mantém sua prática é no meio do mato mesmo e chamam de monte.
2º Para buscar a Deus eu não preciso ir a montes. 
3º A igreja primitiva não orava em montes, mas no templo deles.

Quais dos apóstolos oravam no monte? Para onde Pedro e João estavam indo, na hora da oração? Ao templo (At 3.1).
Onde Pedro estava orando quando o Senhor lhe deu uma visão acerca da evangelização dos gentios? No terraço de uma casa (At 10.9).

Slm 24:3-5 Quem subirá ao monte do SENHOR, ou quem estará no seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente. Este receberá a bênção do SENHOR e a justiça do Deus da sua salvação. 

Êxo 24:13 E levantou-se Moisés com Josué seu servidor; e subiu Moisés ao monte de Deus. 

Êxo 34:29 E aconteceu que, descendo Moisés do monte Sinai trazia as duas tábuas do testemunho em suas mãos, sim, quando desceu do monte, Moisés não sabia que a pele do seu rosto resplandecia, depois que falara com ele.

Mar 1:35 E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava.

Mat_14:23 E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só. 

Para quem lê a Bíblia como se fosse um manual de instruções certamente achará que alguns versículos são suficientes para confirmar que devemos agir da mesma maneira. Mas na Bíblia também existem versículos que mandam apedrejar pessoas, expulsar os leprosos da cidade, sacrificar animais e não comer peixe sem escamas. Certamente não basta existir um versículo na Bíblia, pois é preciso saber quando aquilo foi dito, para quem, em que circunstâncias, com qual objetivo etc.

O primeiro erro está em não se compreender o que é Israel e o que é Igreja, dois povos distintos com promessas distintas e um futuro peculiar a cada um. Sem este entendimento iremos buscar no Antigo Testamento aquilo que nos agrada e transformar em doutrina, quando a única doutrina dada à igreja foi a "doutrina dos apóstolos" (Atos 2:42).

Argumento: Jesus orava no monte.

“E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só.” (Mateus 14:23, referenciado também em Marcos 6:46-47)
“E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus.” (Lucas 6:12)
“E aconteceu que, quase oito dias depois destas palavras, tomou consigo a Pedro, a João e a Tiago, e subiu ao monte a orar.” (Lucas 9:28, a referência anterior ao mesmo evento ocorreu em Marcos 9:2)

Podemos concluir então que Jesus subia ao monte para orar e, geralmente, fazia isso sozinho. Da vez que decidiu chamar mais alguém (Pedro, João e Tiago) ele o fez por saber que era o momento da transfiguração, ou seja, ele não havia subido apenas para orar!
Mas, por que o Senhor Jesus orava no monte? Porque queria ficar a sós com o Pai (Mt 14.23; Lc 9.18), e isso não seria possível na casa de alguém, devido ao assédio do povo, nem nas sinagogas, onde Ele era persona non grata (Lc 6.12; 22.44). Observe, porém, que Ele também orava em lugares desertos, não necessariamente em montes (Lc 5.16). E que não realizava cultos em lugares assim; Ele apenas fazia isso para ficar a sós com o Pai. Onde ele incentivou a oração nos montes?
Jesus orava nos montes e lugares desertos porque não havia na época templos como os de hoje. Mas Ele foi claro, ao dizer: “A minha casa será chamada casa de oração” (Mt 21.13). E também afirmou: “... quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai...” (Mt 6.6).
4º O crente que tem comunhão com Deus sabe que o Senhor ouve a sua oração no templo, em casa e em qualquer lugar (Mt 18.20; 1 Tm 2.8). Então pra que ir pra montes e se arriscar no meio do mato? O que faz minha oração ter valor é a fé em cristo, não o lugar da oração.
Mateus 6:5-6:
“E, quando orares, não sejas como os hipócritas, pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e as esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que te vê em secreto, te recompensará publicamente.”
Mas esse texto diz uma coisa e Jesus Cristo fazia outra? Porque Ele também não se trancava em seu quarto para orar ao invés de subir no monte?
Esse é um detalhe que a maioria das pessoas deixa passar despercebido: Jesus Cristo não tinha um quarto!!! Isso é comprovado com o seguinte texto:
“E disse Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.” (Mateus 8:20, referenciado também em Lucas 9:58)


Isso quer dizer que Jesus subia ao monte para orar sozinho porque não tinha um quarto que pudesse chamar de seu, trancá-lo e, lá dentro, orar.
O problema da atualidade é que as pessoas não sabem mais compreender o que estão lendo e criam doutrinas absurdas, baseadas em pequenos trechos completamente fora de contexto! Se você usa essas passagens para respaldar sua oração no monte você está extremamente equivocado quanto as escrituras sagradas!

4º Se subir ao monte fosse uma doutrina bíblica, certamente haveria referência e recomendação para que isso fosse feito nos textos bíblicos posteriores aos evangelhos, porém tal atitude deixa de ocorrer no restante do Novo Testamento! Nenhum dos outros autores sequer menciona “subir ao monte” como método válido para orar e buscar ao Senhor, se você quer orar no monte fique a vontade, mas não há diferença alguma de uma oração onde os irmãos se reúnam na igreja...

A mistificação do local é óbvia, só não vê quem não quer, pentecostais querem ver o monte como algo espiritual. Existe todo um ritual antes de se subir no local, uns tiram os calçados, outros oram se auto-consagrando para subirem. E porque não fazem isso pra orar em nenhum outro lugar? Ninguém é mais santo ou mais consagrado do que ninguém só porque vai orar no monte, aliás, muitos só vão pra serem é vistos! Outros sobem com a esperança que a resposta divina vem da oração no monte. Lastimável e nada bíblico.

Resumindo, o monte deixa de ser uma opção para ser uma obrigação do crente. O Senhor Jesus orava no monte por uma questão de opção: “E, despedidas as multidões, subiu ao monte, a fim de orar sozinho. Em caindo a tarde, lá estava ele, só.” (Mt.14:23). Ele fazia isso por motivos pessoais. Ele também ia ao deserto, que tal?
(Tendo – se levantado alta madrugada, foi para um lugar deserto e ali orava. Mc 1: 35).

Como sabemos, Cristo em seu ministério terreno, estava na maior parte do dia rodeado por muitas pessoas, além dos seus discípulos. “E, aproximando-se dele um escriba, disse: Mestre, aonde quer que fores, eu te seguirei. E disse Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça.” (Mt.8:19,20). Isto significa que o Senhor não tinha um lugar fixo, uma moradia fixa, Ele sempre percorria os lugares fazendo a obra de Deus. O recurso que ele encontrou para orar foi se isolando, apenas por esse motivo: necessidade. Qual sua necessidade de ir orar no monte senão uma mistificação do monte que você tem em sua cabeça?

No livro de Atos e nas cartas às igrejas não existe nada sobre oração no monte. Em 1Ts. 5:17, Paulo escreveu: “Orai sem cessar”, sem especificar o lugar.

Entendemos que não importa o lugar e sim a motivação e intenção do coração. O lugar é irrelevante diante do Senhor. A Bíblia nos ensina que o Espírito Santo habita no crente (Rm. 8:9,11; 1Co. 3:16; 6:19; 2Tm. 1:14), e por isso Deus está conosco em qualquer lugar.

E que a bíblia fale, mais  uma vez:

“Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.” (Jo.4:19-24).

Muitos ainda acreditam no diferencial, e ensinam a orar no monte, porque não vão orar dentro das igrejas? A oração no monte é defendida e difundida por muitos como algo diferente, por mais que neguem, mas é a verdade, senão porque iriam ao monte? No meio do mato o Espírito Santo de Deus age diferente?

As pessoas que frequentam esses lugares para orar , geralmente dizem: “Jesus sempre costumava ir ao monte para orar”. Oh sim!, Jesus sempre ia ao monte, mas o próprio Mestre disse: “ As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça (Mt 8.20)”

E porque Jesus não orava na sinagoga? Já que naquela época haviam templos!

 Jesus era expulso das sinagogas meus amados! Vocês se esquecem que quem crucificou a Jesus cristo? Todos os lugares que ele passava uma multidão o acompanhava, não tinha lugar para repousar! Onde seria seu melhor lugar pra orar? Onde Ele iria ficar a sós com o Pai? Fora que a bíblia não relata experiências espirituais nas orações do monte.

Porque muitos cristãos de hoje frequentam o monte, sendo que existem lugares seguros e apropriados para oração? Não me surpreenderia se alguém me dissesse que é somente para orar, e não acreditaria se alguém tentasse me convencer.

Essas orações não passam de uma busca excessiva pelo “sobrenatural”, correm atrás de coisas que não acontecem no culto ao Senhor; nunca subi ao monte, e nunca presenciei essas “coisas” que acontecem por lá, mas de acordo com “testemunhos” de pessoas que já foram (e não são poucas), uns veem vultos, ventanias, pessoas ficam endemoniadas, falam muito em mistérios, línguas estranhas... 

Eu já ouvi até de uma pessoa que “a verdadeira adoração a Deus só pode ser feita no monte por que lá é um ambiente sobrenatural” – Ou seja para este sujeito a adoração tem que ter gemido, língua estranha e coisas sobrenaturais, berros e movimento. Quando ele falou isso eu pensei, será que esse camarada tem ao menos discernimento do que é adorar?

Eu ouvi um pastor falando exatamente assim: Se somos taxados de loucos e outros tantos nomes mais por imitar a Jesus eu sou louco mesmo!

É pra imitar a Jesus então ande como ele andou, faça curas, ande sobre as águas, pegue lodo e faça os cegos verem!
Quero desafiá-los a renunciarem a si mesmos, tomarem a sua cruz e seguirem a Cristo, o nosso paradigma (Lc 9.23).
E digo mais uma, se você não fala nada de Bíblia, mas adora subir no monte, vá estudar as escrituras!

Caro leitor, não precisamos subir a montes para falar com Deus nem tampouco para sentir sua santa presença. Em Cristo podemos orar e nos relacionarmos com o Pai no quarto, na rua, na igreja, na praia ou em qualquer outro lugar. O monte não é um lugar santo, nem tampouco um local escolhido por Deus para falar ao coração do povo. Afirmar que o Espírito de Deus age de forma especial em montes e montanhas significa desconhecer as verdades bíblicas.
Isto posto afirmo que cristãos supersticiosos estão fadados a uma vida cheia de neuroses e frustrações. Junta-se a isso o fato de que o cristão ao comportar-se deste forma aponta para uma absurda contradição, até porque as raízes históricas e teológicas do protestantismo sempre foram contra toda e qualquer manifestação supersticiosa.
Caro leitor nossa fé não se fundamenta em superstições ou achismos, mas sim na infalível Palavra de Deus. O evangelho está enraizado em fatos históricos, não em mitos ou impressões estereotipadas do que seja servir a Cristo.
Nesta perspectiva afirmo sem medo de errar que não existe lugares especiais onde Deus possa falar com o crente. Do ponto de vista bíblico, em qualquer lugar podemos orar e buscar ao Senhor, inclusive no monte, mas isso não se faz necessário.
Não vejo orar no monte como heresia, vejo como supertição. Fanáticos e loucos que morrerão defendendo seu erro tem em todos os lugares, não quero generalizar. Luto contra o exagero e não posso fazer nada em relação ao povo ir ao monte orar, bem, pior é ficar em casa vendo na  televisão algo que não preste, pelo menos eles estão tentando algo, então nisso ainda tem algo de bom. Mas a ideia acerca dessa prática tem de ser vista pela ótica das escrituras!

Argumento: Moisés era supertiscioso? Pois ele subiu no monte para orar!
[...]
O Antigo Testamento, que inclui os evangelhos no que diz respeito às ordenanças e sacrifícios, eram figuras ou sombras de coisas ainda futuras, com as quais hoje podemos nos ocupar. Quem espera a chegada de uma visita se alegra quando vê a sombra da pessoa que está chegando, mas não vai servir café para a sombra; vai se ocupar com a pessoa real. (Rm 15:4; Cl 2:17; 1 Co 10:11; Hb 9:23).

Moisés só subiu ao monte porque Deus mandou, e não foi pra orar!
Moisés subiu ao monte para fazer algo de importante, mas isso ocorreu sob ordem direta do próprio Deus, não há referência alguma a oração e, pior ainda, depois dos eventos ali ocorridos o monte foi “proibido” para o acesso público!

Deus veio a você e te mandou subir ao monte? Se quer sinceramente orar e buscar a Deus por que tem que ser em um monte, porque não pode ser na igreja ou na sua casa? Porque o monte? Monte pra que? Porque você quer tanto o monte?

Alguns então alegarão, querendo ainda justificar a subida ao monte, que se Jesus fez algo, então nós podemos fazê-lo para seguir seus passos.
Ora, tal afirmação não é errada, porém Jesus também cuspiu na terra para fazer lodo e curar um cego, Jesus andou sobre as águas, Jesus ressuscitou pessoas mortas…

Moisés foi na montanha por uma característica extremamente particular e não recomendou que ninguém mais assim o fizesse. A Bíblia, como um todo, também não faz tal recomendação. E Moisés não subiu pra orar como fazemos. Portanto, se você deseja seguir a palavra de Deus de forma correta, sugiro que guarde as únicas recomendações explícitas sobre locais adequados para oração:
“E, quando orares, não sejas como os hipócritas, pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e as esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que te vê em secreto, te recompensará publicamente.” (Mateus 6:5-6)

mais sobre oração:

À beira rio:
Ats_16:13 E no dia de sábado saímos fora das portas, para a beira do rio, onde se costumava fazer oração; e, assentando-nos, falamos às mulheres que ali se ajuntaram.

Calabouço:
Ats_16:25 E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam.

Casa:
Ats_12:12 E, considerando ele nisto, foi à casa de Maria, mãe de João, que tinha por sobrenome Marcos, onde muitos estavam reunidos e oravam.

No cenáculo (andar de cima):
Ats 1:13-14 E, entrando, subiram ao cenáculo, onde habitavam Pedro e Tiago, João e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, irmão de Tiago. Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas

Terraço:
Ats_10:9 E no dia seguinte, indo eles seu caminho, e estando já perto da cidade, subiu Pedro ao terraço para orar, quase à hora sexta.

Todo lugar:
1Tm_2:8 Quero, pois, que os homens orem em todo o lugar, levantando mãos santas, sem ira nem contenda.

De dia e de noite:
1Ts_3:10 Orando abundantemente dia e noite, para que possamos ver o vosso rosto, e supramos o que falta à vossa fé?

“Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mateus 18:20)
Portanto, quer seja no monte, no quarto, na igreja, em uma sala reservada ou, sua oração terá exatamente o mesmíssimo efeito! Omonte simplismente é algo cultural, que não devemos imitar pois pode vir a se tornar uma pedra de tropeço, orar no monte, como é visto hoje, está fora de contexto.

Mas por que inventaram tal coisa como esse costume de "orar no monte" e de preferência "de madrugada"? Porque o homem religioso gosta de coisas difíceis, de fazer sacrifícios e penitências, porque isso lhe dá a impressão de ter se esforçado para cumprir uma ordenança e ter algum mérito. Mas se é por obras já não é pela graça, Romanos 11.6

Os homens religiosos estão sempre em busca de grandes coisas, coisas difíceis, fardos pesados, porque isso dá a sensação de algum tipo de participação no que Deus faz. Não se deixem influenciar por tais práticas, e se você as pratica, deixe. Essa é minha recomendação, se ainda assim depois disso, você diz que é edificado indo pro meio do mato, ou pro monte, vá, quem sou eu pra te impedir?

A ideia de que seja preciso sair da cidade para orar é justamente o contrário do que faziam os primeiros cristãos: eles oravam onde quer que estivessem, principalmente nas cidades.
Você já deve ter ouvido pessoas se gabando de terem "ido ao monte orar", não é mesmo? A carne religiosa é assim mesmo. Porém o que seria dos portadores de deficiência, dos cadeirantes, dos idosos, daqueles com crianças pequenas e dos presidiários se Deus esperasse que subissem a algum monte no sereno da noite para orar? Coitados!


Cético obstinado é aquele sujeito que, diante das evidências mais incontornáveis, ainda acredita na sua verdade, coloca uma cara de desprezo e um narizinho empinado e simplismente fala: Eu estou certo e pronto!
Acho que vai aparecer alguém ai mandando eu me converter e ir orar no monte, vou esperar.  

E que Deus nos proteja, guie e abençoe, dando fé para que possamos permanecer fiéis à sua Palavra nestes tempos difíceis. 

3 comentários:

  1. Caro irmão, precisamos de pessoas que inspiradas pelo Espírito Santos escrevam textos esclarecedores e por acaso, pesquisando um texto comentado sobre João 9:4 descobrir seu texto que veio reforçar o que pensava acerca de orar no monte. Certo dia uma irmã que fora dirigente de uma igreja falou para uma outra que por sua vez revelou a mim: Sabe porque o dirigente fulano de tal não aceitou ir ao monte como o irmao, porque o irmão não é liberto. Ora, respondi que em Romanos 3,10, a Bíblia diz, "Não há justo nem sequer um". E porque não existe, porque todos pecaram (Rom. 3.23). E que somente pela graça de Deus inundada de misericórdia atinge a vida dos eleitos de Deus, e por nós mesmos não podemos nos fazer justos diante de Deus, pois o próprio Deus, o Senhor Jesus Cristo veio e se entregou por nós... sendo nós justificados (Romanos 5.1), e justificados por Cristo herdaremos a salvação, fomos libertos pelo sangue de Jesus! Agora existem áreas de nossa vida que precisam ser tratadas para que tenhamos um crescimento espiritual superabundante na graça de Deus! Assim, corroboro da mesma idéia. Na Paz do Senhor!

    ResponderExcluir
  2. Olá irmão, quero ser breve em minhas palavras...Há duas semanas comecei um grupo para orarmos nos monte (e no monte mesmo, rsrsrsrsrs), conheço tudo que vc apresentou aqui, mas a nossa motivação não é mistica... Pelo contrario sempre que ministro explico à eles que não diferença do lugar onde estamos orando, mas acho importante dedicarmos uma boa parte do tempo para buscarmos a Deus e lá onde oramos, nós não precisamos nos preocupar com os vizinhos nem com o volume da nossa oração, é como se estivéssemos em lugar a sós com Deus!!! Como disse é claro que podemos estar a sós com Deus em qualquer lugar, mas me sinto feliz de ver pessoas que abdicam de horas de sono e do conforto de suas camas e casas para junto com seus irmão buscarem mais intimidade com Deus!!!
    Acho muito valido essa matéria e pensamento exposto aqui. Mas só queira deixa meu pensamento também de que importa buscarmos cada dia mais a presença de Deus e termos intimidade com ele. Se você gosta de ir ao monte para orar que vá se vc não é fan dessa pratica vá ha Igreja mas ore e busque ter intimidade com o Pai!!!

    ResponderExcluir
  3. Seu comentário é muito respeitoso, quero lhe agradecer pela educação. Orar sempre é bom, seja no monte ou em casa a sós, eu mesmo um dia quero ter um espaço, talvez um jardim, só pra buscar a Deus ali em oração. Deus te abençoe meu irmão! Graça e paz!

    ResponderExcluir