quarta-feira, 12 de outubro de 2011

A mulher do Pastor é Pastora?



Olá varões irmãos. A paz do Senhor.

1º Quero deixar bem claro uma coisa, a palavra "Bispa" é uma invenção,  a forma gramatical correta para o feminino de Bispo é Episcopisa
Erro: Esposa de Bispo = bispa. #Fail
Hehehe.

Ok, a língua portuguesa já deturpamos (um pouco) e a palavra de Deus então...

Muitos tem uma tradição e buscam respaldo bíblico para ela, mas o respaldo bíblico é o que deve fazer a tradição, não o contrário.

É mais conveniente distorcer passagens bíblicas do que estudar a fundo para ver se o que está sendo dado a nós é relamente válido. Você deve estar se perguntando... "mas o que ele quer dizer com isso tudo?"
Não vou questionar aqui o ministério pastoral feminino (O qual não creio) irei falar sobre o costume de algumas igrejas Neopentecostais e até algumas tradicionais, que chamam a mulher do pastor de pastora, inclusive já tenho visto esta moda na minha denominação, por isso acho legal refletir sobre isto.
Altomaticamente ao tornar-se Pastor, sua mulher torna-se pastora, é assim mesmo?
Só porque está casada com um pastor chamam ela de 'pastora'. E fazer 4 anos de seminário que é bom ninguém quer, né?
O chamado Pastoral é individual, não abrange sua esposa, filhos, tias e papagaio...
Calma, não estou querendo desmerecer o ministério das mulheres, nem o ministério da esposa do pastor, ela pode ser uma benção na congregação, liderar grupos e estar ao lado dele, mas isso não a torna pastora.
Deus quer usar todas as mulheres, mas usá-las no seu devido papel. Não queira ser o que Deus não disse que você é. Isso vale para todos nós.

Ao lado de um grande homem sempre está uma grande mulher. Ao lado dele e não atrás dele.

(Não gosto de ficar repetindo "esposa do pastor", dá a idéia que a mulher é apenas a "esposa" e não tem uma identidade, desculpem-me).

A esposa não deixa de ser ovelha por ser esposa do Pastor.
E se ela não fizer nada na igreja ainda sim chamo ela de pastora só porque é mulher dele?
O chamado é pessoal, o ministério é individual. Esposa de pastor não é pastora. 
Certo, então na falta do cirurgião, eu chamo a esposa dele pra te operar. A mulher do presbítero é presbítera? A esposa do encanador é necessariamente encanadora?
Títulos dados por homens... procure os títulos que Deus te dá... Bem, Deus usou mulheres e continua usando hoje, ainda sim não encontro respaldo bíblico para esse modismo atual.
A autoridade pastoral é dada por Deus e o Senhor, não espera da mulher do pastor o exercício do ministério pastoral junto com o marido,  claro que ter a esposa ao lado é uma riqueza nas nossas vidas, ter ao lado alguém empenhada na obra do Senhor, Deus derrama sua unção sobre homens e mulheres, nos capacita e nos dá seus dons para edificação da igreja, expansão do reino e glorificação do seu nome, mas ainda sim isto não faz a mulher do pastor ser Pastora. Chame ela assim se quiser mas não é bíblico esta associação.

Este é um hábito que vemos as igrejas se acostumando a abraçar, mas não é algo bíblico a mulher do pastor automaticamente virar pastora. Não estou tratando da mulher como pastora, e sim da esposa do pastor ser chamada de pastora, entendido?

A "mulher do pastor" (desculpe) não compartilha da responsabilidade que Deus dá ao pastor. Eu ouvi certa vez o seguinte: 
" 50% do ministério na vida do homem  é do homem e os outros 50% é da nossa companheira."

Estranho, Deus dá ao homem a responsabilidade pastoral e agora a esposa dele ganha 50% da responsabilidade. Ela apenas o ajudará, a responsabilidade de apascentar e defender as ovelhas é do Pastor. Deus o capacita, dá forças e motiva a ser seu sacerdote, se o Senhor não chamou a mulher para estar ali ela sofrerá a pressão da responsabilidade, muitas vezes imposta pelo seu marido.

Quando Deus chama um homem para apascentar Ele faz com que a igreja reconheça o chamado desse homem.  E como a igreja reconheçe? 
A igreja reconhece o chamado de um homem observando sua vida e comparando-a com as qualificações bíblicas.
Não sei de onde tiram essas idéias certamente não deve ser da Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus. 

10 comentários:

  1. nao gosto desse site so fala coisas q nao tem certeza

    ResponderExcluir
  2. Caro Anônimo,

    Onde não tenho certeza? Me ajude e abra minha mente onde eu estiver errando. Desde já agradeço o comentário.

    ResponderExcluir
  3. Nossa Bispa é uma benção quem é vose pra falar mau de uma mulher levanhtada por deus?

    ResponderExcluir
  4. Caro Anônimo, poucas coisas na vida são tão gratificantes quanto ler uma crítica a você com erros de português. amém?

    ResponderExcluir
  5. Muita gente ficará mordida com a explicação do Ricardo, mas temos que respeitar a opinião de todos. Pessoalmente achei este post bastante convincente. Concordo com os dizeres e compartilho da mesma visão.

    ResponderExcluir
  6. gostei mito do comentario penso da mesma forma aprendi desse jeito tambem apesar de ter muitas pessoas com mente curta kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Sempre questionei essa imposição de ao casar-se a esposa herda o titulo do cônjuge, imaginem se a esposa do juiz fosse "intitulada" Juiza, Presidente, etc...etc...é um absurdo e totalmente errado, concordo plenamente com o post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raquel era pastora ta na biblia. Ou vcs nao le. A biblia diz q se torna uma so carne a mulher e ajudadora em todos ps sentidos nao so pela metade

      Excluir
    2. Se deus falo q e ajudadora nao precisa dize mas nada e pra ajuda em tudo o homem precisa sim de uma pastora ele sozinho nao da

      Excluir